Idosos

Avise aos idosos para que não abram a porta, sem que antes indaguem sobre quem bate ou toca a campainha. As pessoas idosas costumam ser alvo fácil de criminosos, que oferecem "ajuda" para encobrir a intenção de furtar bolsas, carteiras ou pacotes. Podem também ser vítimas de golpes aplicados por malandros que oferecem "negócios da china", "aposentadorias" e auxílio do INSS. Evite que idosos andem sozinhos pela cidade, para fazer compras ou efetuar pagamentos, estimule que saiam sempre acompanhados. Adapte barras de ferro em casa (especialmente no banheiro e escadas) para evitar acidentes.

Incentive um acompanhamento médico para uma melhor qualidade de vida. Boa alimentação e exercícios são importantíssimos. Recomende visitas ao oculista pelo menos anualmente. Seja solidário. Ajude em escadas, conduções, filas, etc. Não deixe que um idoso possa ser enganado. Se você presenciar algo errado avise a Guarda Civil ou Polícia Militar. Oriente-os a não usarem roupas ou jóias que despertem a atenção de vigaristas.

Oriente-os também a não conversar com estranhos e sempre que precisarem de ajuda procurarem um funcionário credenciado ou um policial. Esta é uma reprodução parcial do manual de Segurança do Cidadão que contém recomendações que visam a sua segurança. Todas as dicas aqui contidas devem ser objetos de conversa e reflexão com toda a famália, principalmente, com os filhos, assim que surgir uma ocasião propícia como férias, antes de viajar, ao sair para compras etc. Estar seguro também depende do conhecimento, de predisposição para adotar condutas adequadas, de pré - atividade.